Todos os post de Aquarela Brasileira

Coleção Portugal em Prosa e Verso

Uma coleção de novos autores e grandes nomes da literatura e das letras de Portugal em edições especiais e muito bem cuidadas, pensadas para novos leitores e todos aqueles que reconhecem a valorosa criação portuguesa.

Coleção Livros Portugal_Aquarela

 

Poesia

31 Poemas Selecionados – Fernando Pessoa

Sonetos – Luís Vaz de Camões

Clepsidra – Camilo Pessanha

Breve – João José Cochofel

 

Narrativas em Prosa

Peregrinação Crioula – Paulo Branco Lima

Origem & Ruína – Paulo Branco Lima

Os Segundos Nomes – Anthony Clown

 

Vários Autores

Coimbra em Palavras

Coimbra em Imagens

 

Aquarela Brasileira Livros

Livros são Incríveis! A gente ama!

Brasil – Portugal

www.aquarelabrasileira.com.br/aquarela-brasileira-livros

www.facebook.com/aquarelabrasileira

Encomendas: faleaquarela@gmail.com

 

Coimbra Música Conversas Júlio Martins Risko

Bem-vindos, bem-vindas ao Coimbra Música & Conversas, um encontro para falarmos sobre música, formação musical, apoio à cultura e sobrevivência artística em tempos de pandemia. Em meio às conversas vamos ter uns improvisos musicais com cada convidado ou convidada.

O convidado de hoje é Júlio Martins, também conhecido como Risko.
É rapper, integrante do coletivo Velha Capital, e tem dois discos no currículo. Está em fase de lançamento de seu novo álbum, intitulado “Palavra de risco”.

Nesta conversa descontraída e sincera, o cantor, compositor e produtor fala das dificuldades para alcançar a profissionalização, pondera sobre o espontâneo e o “comercial”, sobre a dor e o amor, destaca a importância de Coimbra no seu aprendizado e crescimento artístico e pessoal, entre outros assuntos.

Risko também cantas suas rimas cheias de ritmo enquanto narra histórias com pontos de vistas bastante interessantes.

O projeto Coimbra Música & Conversas é uma realização da Aquarela Brasileira Multimedia para o Ciclo Orphika 2020 da Universidade de Coimbra.

O mediador convidado para esta série é Wagner Merije, jornalista, poeta, escritor, editor, compositor, gestor cultural e doutorando na FLUC.

Acompanhe a série de conversas no link
www.aquarelabrasileira.com.br/coimbra-musica-conversas-serie

Apoiem os artistas! Cultura é segura!

Coimbra Música Conversas Miriam Jorge

Bem-vindos, bem-vindas ao Coimbra Música & Conversas, um encontro para falarmos sobre música, formação musical, apoio à cultura e sobrevivência artística em tempos de pandemia. Em meio às conversas, improvisos musicais com cada convidado ou convidada. Uma oportunidade de conhecer e valorizar os artistas da cidade, além de manifestar nosso apoio em tempos de pandemia a quem tanto contribui para que nossos dias tenham arte e mais cores.

A convidada de hoje é Miriam Jorge, cantora de voz cristalina, ex-integrante das Mondeguinas, advogada, praticante e facilitadora de Yoga, fundadora de várias associações e intérprete de canções de conexão espiritual junto ao grupo AMA Folk.

Nesta conversa com sorrisos e luz, Miriam conta sobre a importância da música na sua vida, da música como conexão e cura, como caminho de transformação, do seu envolvimento com a tuna acadêmica Mondeguinas e do potencial transformador do grupo, aborda a pesquisa de músicas tradicionais portuguesas e as viagens para as apresentações musicais.

Também fala de sua ligação profunda com a Yoga como caminho de vida, dos workshops que ministra, das mudanças com a pandemia, entre outros assuntos.

Nos improvisos, ela toca uma composição original e entoa mantras para ajudar-nos a respirar melhor e purificar nossos corações. Como ela própria diz, “tudo é vibração!”

Uma conversa transformadora e cheia de mensagens de amor.

O projeto Coimbra Música & Conversas é uma realização da Aquarela Brasileira Multimedia para o Ciclo Orphika 2020 da Universidade de Coimbra.

O mediador convidado para esta série é Wagner Merije, doutorando na FLUC, jornalista, poeta, escritor, editor, compositor, gestor cultural e criador multimedia.

Acompanhe a série de conversas no link
www.aquarelabrasileira.com.br/coimbra-musica-conversas-serie

Apoiem os artistas! Cultura é segura!

Coimbra Música Conversas_Carlos Mendes_Kaló

Bem-vindos, bem-vindas ao Coimbra Música & Conversas, um encontro para falarmos sobre música, formação musical, apoio à cultura e sobrevivência artística em tempos de pandemia. Em meio às conversas, improvisos musicais com cada convidado ou convidada. Uma oportunidade de conhecer e valorizar os artistas da cidade, além de manifestar nosso apoio em tempos de pandemia a quem tanto contribui para que nossos dias tenham arte e mais cores.

O convidado de hoje é Carlos Mendes, também conhecido como Kaló. É baterista, compositor e cantor da banda The Twist Connection. Já integrou combos como The Parkinsons, WrayGunn, Bunnyranch, Tédio Boys, dentre outros.

Nessa conversa animada, a lenda do rock de Coimbra relembra suas diversas bandas, fala da sua relação com a bateria e com a vida de músico, das angústias existenciais e criativas, aborda seus estudos filosóficos, apresenta sua visão sobre a cena de Coimbra “Capital do Rock’n’roll” e de outros géneros musicais, reflete sobre a formação de público, entre outras questões sensíveis.
O uso das línguas no rock, especialmente da Língua Portuguesa, e suas participações no cinema também passam por seu crivo.
E como ele mesmo diz, apesar da crise pandêmica, “está cheio de ideias para continuar a fazer música”.

Uma conversa verdadeira e com a maturidade de quem tem uma longa história e muito por partilhar.

O projeto Coimbra Música & Conversas é uma realização da Aquarela Brasileira Multimedia para o Ciclo Orphika 2020 da Universidade de Coimbra.

O mediador convidado para esta série é Wagner Merije, doutorando na FLUC, jornalista, poeta, escritor, editor, compositor, gestor cultural e criador multimedia.

Acompanhe a série de conversas no link
www.aquarelabrasileira.com.br/coimbra-musica-conversas-serie

Apoiem os artistas! Cultura é segura!

O Cotovelo Kovid

 O COTOVELO Kovid_capa3D

O Kotovelo Covid, novo lançamento da Aquarela Brasileira Livros, emociona, encanta e ensina crianças e famílias

Para as crianças, uma boa história pode marcá-las para sempre. Os bons livros têm a capacidade de emocionar, encantar e ensinar. O Cotovelo Kovid é um desses livros perfeitos para os miúdos de todas as idades, pois apresenta uma história cheia de imaginação que toca o coração e ajuda crianças, mães, pais, familiares, professoras e professores a lidar com as dificuldades de forma lúdica.

Divertido e imaginativo, conta as aventuras de um cotovelo muito amigo, que está sempre pronto para brincar e nos proteger. Ficou curioso/a? Pois prepare-se para se apaixonar por uma turminha cheia de amor e consciência.

Em suas páginas coloridas o livro propõe uma conversa interessante sobre os tempos de pandemia, os cuidados com a saúde e a proteção de cada um e do coletivo.

Algumas das opiniões que nos chegam traduzem o encanto que gera esta obra elaborada com sensibilidade e amor:

Amei!!! Linguagem instigante, que propicia a imaginação e permite a expressividade. Abordagens que trazem para o universo infantil questões que mudaram abruptamente hábitos sociais. O distanciamento (para as crianças, as festinhas de aniversário são verdadeiros acontecimentos), a ansiedade, a necessidade de atividades físicas, o cuidado diário,  as perdas de entes queridos, dentre outras situações que podem gerar tantas dúvidas e inquietações, são tratadas de forma leve… Parabéns pela sensibilidade, por possibilitar aos pequenos uma alternativa de companhia, sendo esta, parte do próprio corpo. Imagino o impacto positivo nas vidas das famílias, como O Cotovelo Kovid trará auxílio aos adultos nas tentativas de explicações. As ilustrações, tão delicadas e perfeitas! Encantada também com a descrição dos envolvidos. Gratidão! Viajei com o livro!
Andrea Gomes – pedagoga (Brasil)

Fantástico!
Joana Vila Nova – professora Jardim de Infância da Universidade de Coimbra, mãe (Portugal)

Além de ser um tema atual, o livro dá indicações sobre as regras a cumprir na situação com que infelizmente nos vemos confrontados. Por outro lado uma das disciplinas do currículo chama-se Cidadania e Desenvolvimento e um dos temas a trabalhar prende-se com os riscos em geral e desta pandemia em particular, pelo que poderá servir de base de trabalho para explorar esse tema. Nesse sentido gostaria de lhe pedir autorização para poder divulgá-lo junto aos alunos da turma e até da escola. Cumprimentos,
Alfredo Martins – educador, coordenador de Português (Portugal)

Ahhh que ideia linda! É isso aí, transformar o caos em organização criativa.
Parabéns! Adorei! Dora, já estreando na literatura.
Graziela Andrade – mãe, escritora, professora, artista plástica (Brasil)

O livro está muito legal, parabéns, o texto é muito gostoso. Uma delícia fazer dobradinha com os filhos.
José Santos – escritor, pai (Brasil)

Sensacional! Lindo! Delicado! Belo!
Rômulo Garcias – ilustrador, escritor, pai (Brasil)

Com este primeiro lançamento infantil, a Aquarela Brasileira Livros vem, com respeito às crianças e aos jovens, aos autores e ilustradores, contribuir para a formação, o ensino e o entretenimento de seu público infanto-juvenil. Acreditamos no futuro com mais cuidados, cores, pluralidade, e a educação é a base de tudo. Empenhamos em produzir obras que respeitem a sensibilidade de nossos leitores e leitoras, desde a mais tenra idade, que estimulem o pensamento crítico, o debate, a criatividade e o interesse pela literatura e pela diversidade, com o apoio de professoras e professores e os estudantes.

SOBRE OS AUTORES
Wagner Merije é jornalista, escritor, editor e criador multimedia. Gosta de flores e de cores, de crianças, de gente grande e da natureza. É doutorando na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (Portugal). Conheça seus trabalhos em www.merije.com.br

Dora Merije Scatolini Araújo é uma menina criativa e divertida que adora desenhar, criar histórias e dançar. Nasceu em 2014 e é do signo de gêmeos. Seus desenhos foram bem aproveitados pela criativa Laís.

Laís Coutinho Fonseca é formada em Engenharia e ilustradora em tempo livre. Sua satisfação é alegrar os outros através de sua arte.

DADOS DO LIVRO
Título: O Cotovelo Kovid
Autores: Wagner Merije e Dora Merije
Ilustrações: Laís Coutinho Fonseca
Editora: Aquarela Brasileira Livros
Gênero: Literatura Infanto-Juvenil
Formato: 20 x 20 cm
Número de páginas: 24
ISBN: 978-65-86867-03-9
Depósito legal: 472975/20
Web: www.aquarelabrasileira.com.br/o-cotovelo-kovid
Encomendas: faleaquarela@gmail.com

 

Aquarela Brasileira Livros

Livros são Incríveis! A gente ama!

www.aquarelabrasileira.com.br/aquarela-brasileira-livros

www.facebook.com/aquarelabrasileira

Coimbra Música Conversas João Silva Jorri

Bem-vindos, bem-vindas ao Coimbra Música & Conversas, um encontro para falarmos sobre música, formação musical, apoio à cultura e sobrevivência artística em tempos de pandemia. Em meio às conversas, improvisos musicais com cada convidado ou convidada. Uma oportunidade de conhecer e valorizar os artistas da cidade, além de manifestar nosso apoio em tempos de pandemia a quem tanto contribui para que nossos dias tenham arte e mais cores.

O convidado de hoje é João Silva, também conhecido como Jorri. É músico, compositor, produtor, membro fundador da banda “a Jigsaw”, coordenador e fundador da casa de criação Blue House.

Nessa conversa franca, o articulador da cena do novo rock de Coimbra fala da guitarra e da cultura de Coimbra, da importância da cidade em sua trajetória, bem como do mundo da música por trás dos palcos e nos palcos, das composições para teatro e cinema, o trabalho empresarial com 80 músicos, sobre as profissões artísticas e técnicas e os diálogos com os vários agentes da cultura.

As mudanças enormes que estão a ocorrer no showbusiness com a pandemia também passam por sua análise, entre outros assuntos.

Em meio a esta boa troca de ideias, João Silva também toca sua Auto Harp , um instrumento de timbres belos e peculiares.

Uma conversa animada com temas para todos que se interessam pela música e pelo mundo dos espetáculos.

O projeto Coimbra Música & Conversas é uma realização da Aquarela Brasileira Multimedia para o Ciclo Orphika 2020 da Universidade de Coimbra.

O mediador convidado para esta série é Wagner Merije, doutorando na FLUC, jornalista, poeta, escritor, editor, compositor, gestor cultural e criador multimedia.

Acompanhe a série de conversas no link

www.aquarelabrasileira.com.br/coimbra-musica-conversas-serie

Apoiem os artistas! Cultura é segura!

Festivais Literários na economia da cultura

Webnário Festivais_FCDMLP_181120_1

Webnário Festivais_FCDMLP_181120_2

 

A Frente Cultural do Dia Mundial da Língua Portuguesa vem por meio deste convidar-te para participar do Webinário

Festivais Literários na economia da cultura

A conversa contará com representantes de festivais no Brasil, em Portugal e na África.

Data: 18/11/2020

18h30 (Hora de Brasília) / 21h30 (Hora de Lisboa)

A moderação está a cargo de Wagner Merije

 

Wagner Merije é jornalista, poeta, escritor, editor, gestor cultural e doutorando na Universidade de Coimbra. Entre seus livros estão O Cotovelo Kovid (2020), Psyche & Hamlet vão para Hodiohill (2019) e Mobimento – Educação e Comunicação Mobile (2012) – finalista do Prêmio Jabuti 2013. Editou obras de Fernando Pessoa, Camões, Camilo Pessanha, João José Cochofel, entre outros.

Romancista, historiadora e tradutora, Ana Filomena Amaral natural de Avintes, Vila Nova de Gaia, é mes­tre em História Económica e Social Con­temporânea pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, possui o cur­so de pós-graduação em Ciências Docu­mentais/Biblioteconomia, e uma larga experiência como intérprete e tradutora de várias línguas europeias, mantendo particular contacto com a língua alemã. Ana Filomena Amaral é autora de 13 obras, entre ficção e investigação histórica. “Gelos” é o segundo volume da trilogia “Mãe Nossa”, iniciada com “O Diretor” dedicada à Terra, que se completará com “Desertos”. Participou em vários festivais literários internacionais: Bookworm, Pequim, 4ª edição do Festival literário EU/China, Pequim, em representação de Portugal, Jaipur Literature Festival em janeiro de 2020, entre outros.

Afonso Borges é gestor cultural, escritor e jornalista.  Criou, em 1986, o projeto “Sempre Um Papo” e, em 2012, o “Fliaraxá (Festival Literário de Araxá), nos quais também é Curador. É comentarista da Rádio BandNews Belo Horizonte, com o programa “Mondolivro” e colunista no portal do jornal “O Globo”. Tem publicados 6 livros, entre eles, o infantil “O Menino, o Assovio e a Encruzilhada” (Sesi-SP Editora) e de contos, “Olhos de Carvão” (Record). É curador do Portal Mondolivro onde reúne toda a sua produção intelectual e profissional.

Filinto Elísio é poeta, novelista, colunista e ensaísta cabo-verdiano. Autor de livros de poesia, crónica e ficção, é membro e cofundador da Academia Cabo-verdiana de Letras. É editor na Rosa de Porcelana e organizador do Festival de Literatura-mundo do Sal.

Mais informações: http://dmlp.utopia.com.br

Os webnários já realizados podem ser vistos no link www.youtube.com/c/FrenteCulturaldaLínguaPortuguesa

 

Apoio: Aquarela Brasileira Multimedia

www.aquarelabrasileira.com.br

Coimbra Música Conversas Série

Coimbra Música & Conversas_FINAL

Série de conversas sobre música, formação musical, apoio à cultura e sobrevivência artística em tempos de pandemia, entremeadas por improvisos musicais.

Uma oportunidade de conhecer e valorizar os artistas da cidade, além de manifestar nosso apoio em tempos de pandemia a quem tanto contribui para que nossos dias tenham arte e mais cores.

Quando: 10, 17 e 24 novembro e 01 de dezembro/2020

O projeto Coimbra Música & Conversas é uma realização da Aquarela Brasileira Multimedia para o Ciclo Orphika 2020 da Universidade de Coimbra.

O mediador convidado para esta série é Wagner Merije, doutorando na FLUC, jornalista, poeta, escritor, editor, compositor, gestor cultural e criador multimedia.

Ao final, todas as conversas estarão reunidas no link
www.quarelabrasileira.com.br/coimbra-musica-conversas-serie

Conversa com João Silva_Jorri
www.aquarelabrasileira.com.br/coimbra-musica-conversas-joao-silva-jorri

Conversa com Carlos Mendes_Kaló
www.aquarelabrasileira.com.br/coimbra-musica-conversas-carlos-mendes-kalo

Conversa com Miriam Jorge
www.aquarelabrasileira.com.br/coimbra-musica-conversas-miriam-jorge

Conversa com Júlio Martins_Risko
www.aquarelabrasileira.com.br/coimbra-musica-conversas-julio-martins-risko

Apoiem os artistas! Cultura é segura!

Literatura, cinema, música e artes na FNAC

Cineasta António Ferreira participa na apresentação conjunta dos dois romances de Paulo Branco Lima na FNAC de Coimbra.

Origem e ruína_capa 3dCAPA_PEREGRINACAO_FINAL

 

 

 

 

 

 

 

Após os sucessos dos lançamentos nos mercados editoriais de Portugal e do Brasil, a primeira apresentação em conjunto dos dois romances de Paulo Branco Lima, Origem e Ruína e Peregrinação Crioula, publicados pela chancela Aquarela Brasileira Livros, irá contar com a participação do realizador conimbricense António Ferreira, cineasta reconhecido pelas obras Pedro e Inês, o filme mais visto em Portugal em 2018, ou Embargo, uma adaptação de José Saramago.

António Ferreira estará à conversa com o autor Paulo Branco Lima e com o editor Wagner Merije, abordando as relações culturais entre Portugal e Brasil, país onde o realizador, nos últimos anos, sediou a sua produtora Persona Non Grata Pictures.

Durante o último biénio, o mercado sul americano tem sido igualmente recetivo para o escritor de Coimbra Paulo Branco Lima, que viu a segunda edição do primeiro romance Origem e Ruína ser publicada em terras brasileiras, para além do seu segundo livro Peregrinação Crioula. Moderado pelo responsável editorial da Aquarela Brasileira, este encontro, a realizar na Loja FNAC do Fórum Coimbra no próximo dia 5 de novembro, pelas 21h30, abordará de igual forma as condicionantes e desafios do relacionamento entre literatura e cinema. Irá também participar no evento o cantautor Hélder Grau Santos, interpretando três temas musicais com ligação umbilical às obras apresentadas.

Paulo Branco Lima_António Ferreira

Biografias

 Paulo Branco Lima é licenciado em Jornalismo pela Universidade de Coimbra e Mestre em Literatura de Língua Portuguesa (UC). Com o selo da Aquarela Brasileira Livros, publicou as obras de ficção Origem e Ruína e Peregrinação Crioula, esta última selecionada para a edição de 2020 do Prêmio Oceanos. Entre inúmeras colaborações destacam-se os seus artigos publicados na Revista de Estudos Literários (Centro de Literatura Portuguesa) e nas publicações angolanas O Chá e Jornal Cultura. O seu trabalho foi destacado por vários veículos de comunicação em Portugal e África. Atualmente exerce funções de produtor executivo no equipamento cultural Convento São Francisco, em Coimbra.

António Ferreira estreou-se em Cannes no ano 2000, com o filme “Respirar Debaixo d’Água”. Autor de “Pedro e Inês” que foi o filme português mais visto em 2018, já realizou três longas metragens – “Embargo” uma adaptação de José Saramago e “Esquece Tudo o que te Disse”. Dirige a produtora Persona Non Grata Pictures sediada em Portugal e no Brasil.

 

DADOS DOS LIVROS
Título: Peregrinação Crioula
Autor: Paulo Branco Lima
Editora: Aquarela Brasileira Livros
Gênero: Romance
Formato: 14 x 21 cm
Número de páginas: 172
ISBN: 978-85-92552-12-1
Depósito legal: 455407/19
Web: www.aquarelabrasileira.com.br/peregrinacao-crioula

Título: Origem e Ruína
Autor: Paulo Branco Lima
Editora: Aquarela Brasileira Livros
Gênero: Romance
Formato: 14 x 21 cm
Número de páginas: 140
ISBN: 978-85-92552-12-1
DL: 460652/19
Web: www.aquarelabrasileira.com.br/origem-e-ruina

 

Aquarela Brasileira Livros
Livros são Incríveis! A gente ama!

www.aquarelabrasileira.com.br/aquarela-brasileira-livros

www.facebook.com/aquarelabrasileira

faleaquarela@gmail.com

Uma mulher qualquer

Uma mulher qualquer_capa3D_final

 

Uma mulher qualquer, de Haydée da Cunha Frota, novo título da Aquarela Brasileira Livros: poesia das recordações, do olhar e do não morrer

Este Uma mulher qualquer encontra seu tom já na introdução, um poema narrativo em que o lançamento de um livro se torna um momento para obter a poesia das coisas.

Aqui, a paisagem é poesia, o rio, as árvores, a memória da infância, o pai usando chapéu, as galinhas no terreiro, a cabritinha, as flores, a merendeira de plástico azul, o estojo de lápis. Outra profusão de elementos é dada no poema Imagens da solidão, esse destacado sofrimento sobre o qual a poeta confessa: “Tenho medo”. Em Haydée da Cunha Frota, a solidão se exaspera e se transforma, por exemplo, no poema em que uma tia se recusa a se alimentar por saudades.

A poeta trabalha com o cotidiano, prepara a usinagem do mundo de cada dia com seu modo de ver, usando metáforas para construir a beleza dos versos; noutras vezes, Haydée usa o tecido da prosa, mas embebido de lirismo, como em Fragmentos.

A atenção na vida faz tanto falar dos suicidas e ouvir os gemidos que antecedem a morte quanto celebrar a amizade de duas irmãs e suas escolhas políticas, assim como deixar marcado o compromisso com a resistência: “o chope no Maletta depois das passeatas”. Há uma forte marca de registro dos acontecimentos políticos nos versos, como as manifestações para lembrar um ano do assassinato de Marielle Franco, crime ainda obscuro, quando tantas pistas ligam os nomes dos diretamente envolvidos no crime ao nome da família Bolsonaro, que hoje desgoverna o país.

Rainer Maria Rilke, um mestre, nos ensinou que mesmo que estivéssemos em uma prisão, cujos muros não permitissem que nenhum dos ruídos do mundo chegassem aos nossos ouvidos, teríamos sempre o tesouro das recordações. Haydée traz as recordações, o passado, e traz também o presente.

Neste Uma mulher qualquer, Haydée mostra que a poesia é um modo de olhar e, como deixa claro no último verso deste livro, também é um modo de não morrer.

Por Adriane Garcia

 

DADOS DO LIVRO
Título: Uma mulher qualquer
Autor: Haydée da Cunha Frota
Editora: Aquarela Brasileira Livros
Gênero: Poesia
Formato: 14 x 21 cm
Número de páginas: 64
ISBN: 978-65-86867-00-8
Web: www.aquarelabrasileira.com.br/uma-mulher-qualquer

 

Aquarela Brasileira Livros

Livros são Incríveis! A gente ama!

www.aquarelabrasileira.com.br/aquarela-brasileira-livros

www.facebook.com/aquarelabrasileira

faleaquarela@gmail.com