Arquivo da tag: Sophia de Mello Brenner Andersen

VAMOS CONVERSAR

 

Vamos Conversar_Orange Digital Code Logo Template (1)

Vamos Conversar é uma série de conversas com personalidades da literatura.

O projeto visa estimular reflexões sobre a cultura e a educação, dar ao público oportunidade de conhecer a obra e o pensamento de grandes escritores, e que o debate gere conhecimento e transformação.

Trata-se de uma realização do Centro Cultural Penedo da Saudade e co-organização da Aquarela Brasileira Multimedia, com mediação de Wagner Merije.

Convidados

Onésimo Teotónio Almeida: www.aquarelabrasileira.com.br/vamos-conversar-com-onesimo-teotonio-almeida

Richard Zimler: www.aquarelabrasileira.com.br/vamos-conversar-com-richard-zimler

Joana Bértholo: www.aquarelabrasileira.com.br/vamos-conversar-com-joana-bertholo

Rosa Oliveira: www.aquarelabrasileira.com.br/vamos-conversar-com-rosa-oliveira

Elisa Lucinda: www.aquarelabrasileira.com.br/vamos-conversar-com-elisa-lucinda

Minês Castanheira: www.aquarelabrasileira.com.br/vamos-conversar-com-mines-castanheira

Maria João Cantinho: www.aquarelabrasileira.com.br/vamos-conversar-com-maria-joao-cantinho

António Carlos Cortez: www.aquarelabrasileira.com.br/vamos-conversar-com-antonio-carlos-cortez

Carlos Nuno Granja: www. aquarelabrasileira.com.br/vamos-conversar-com-carlos-nuno-granja

As conversas são transmitidas em directo pelo facebook do Centro Cultural Penedo da Saudade – www.facebook.com/centroculturalpenedosaudade – e em streaming pelo Zoom.

 

Sobre o Centro Cultural Penedo da Saudade
Inaugurado em 18 de janeiro de 2019 e integrado no projeto cultural do Instituto Politécnico de Coimbra, o Centro Cultural Penedo da Saudade tem como objetivo primordial contribuir para o enriquecimento cultural da comunidade deste Instituto numa complementaridade do que é já a produção cultural das suas unidades orgânicas. Também visa promover a partilha de eventos culturais e artísticos em Coimbra, quer através do reforço da divulgação quer, mesmo, através de intercâmbios. Encontra-o na zona do Penedo da Saudade, com uma bela vista da cidade.


Concepção e Mediação

Wagner Merije é jornalista, escritor, editor e gestor cultural envolvido com projetos ligados à cultura, educação e meio ambiente em países como Brasil, Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Itália e Estados Unidos. É investigador na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra. Como jornalista, passou por redes de TVs, rádios, jornais, revistas e sites no Brasil, Inglaterra e Portugal. Escreve para todas as idades e tem 11 livros publicados, de poesia, ficção e não ficção, entre os quais estão Conhece-te a ti mesmo – Pensamentos e práticas à procura de novas primaveras (2021), O Cotovelo Kovid (2020), Psyche & Hamlet vão para Hodiohill (2019), Astros e Estrelas – Memórias de um jovem jornalista em Londres (2017), Cidade em transe (2015), Viagem a Minas Gerais (2012), Mobimento – Educação e Comunicação Mobile (2012) – finalista do Prêmio Jabuti 2013 na categoria Educação, Torpedos (2011), Turnê do Encantamento (2009). Como editor, publicou obras de Luís Vaz de Camões, Fernando Pessoa, Florbela Espanca, Mário de Sá-Carneiro, Camilo Pessanha, João José Cochofel, entre outros, e títulos como Coimbra em Palavras, Coimbra em Imagens, São Paulo em Palavras, São Paulo em Imagens, Propostas Novas para Novos Mundos, entre outros.

Informações: faleaquarela@gmail.com

Entes Presentes – Série Orgulho de falar Português

Eça de Queirós repaginado
Eça de Queirós repaginado

 

Camões redivivo
Camões redivivo

 

Amélia Janny cisne do Mondego
Amélia Janny cisne do Mondego

 

Florbela Espanca e seu jardim
Florbela Espanca e seu jardim

 

José Saramago multiplicado
José Saramago multiplicado

 

Camilo Pessanha e as águas profundas
Camilo Pessanha e as águas profundas

 

Sophia de Mello Breyner Andresen e a saudação do mar
Sophia de Mello Breyner Andresen e a saudação do mar

 

Mário de Sá Carneiro espírito livre
Mário de Sá Carneiro espírito livre

 

Tudo é literatura, tudo é conhecimento e cultura, a vida é uma experiência suprasensorial.

Ler é imagem, escrever é imaginar. Imaginações, libertem-se!

Esta exposição de artes visuais tem como mote “Lembra de teus antepassados / Somos intérpretes do mundo”, e busca trazer para o convívio do público mais jovem, como entes familiares, grandes nomes que contribuíram para o desenvolvimento da língua portuguesa.

Interpretar e ressignificar a obra de escritores e escritoras que despertam emoções e que nos convidam a ir além, a levar sua herança para novas gerações.

Tudo isso envolve pesquisa e conhecimento, amor e paixão, risco e enfrentamento. São fusões e montagens de linguagens, de vidas e ideias.

O convívio com essas pessoas encantadas fez com que as mesmas passassem a fazer parte de uma imensa árvore genealógica. Não são antepassados, mas sim entes presentes.

Estas e outras imagens podem ser vistas de 05 a 31 de março de 2020, de segunda a sábado, das 16h às 01h, Galeria Liquidâmbar
Praça da República – Coimbra – Portugal

Esta mostra é apoiada pela Universidade de Coimbra e faz parte da programação da 22ª Semana Cultural da UC.

Produção/Production: Aquarela Brasileira

Contatos/Contacts: faleaquarela@gmail.com