CORAÇÃO, CABEÇA E ESTÔMAGO

AQUARELA BRASILEIRA Livros orgulhosamente apresenta

Coração Cabeça e Estômago_Camilo Castelo Branco_capa promo

Esta é uma sátira de costumes que faz sorrir, que faz pensar! Trata-se de uma crítica social contundente e mordaz que tem por alvo a vulgaridade, a hipocrisia e a busca da riqueza a qualquer custo. Imaginativa e afiada, a escrita do autor continua tão atual no nosso tempo como no tempo em que foi publicada, em 1862.
O livro reúne três novelas, onde se aprende que, afinal, todos os dissabores da vida nascem da cabeça, do coração ou do estômago.
Ovídio, Adão, Noé, Rômulo, Camões, Shakespeare, Goethe, Dante, Petrônio, Junqueiro, Álvares de Azevedo, Casimiro de Abreu, Gonçalves Dias, Voltaire, Vítor Hugo, Deus, há um pouco de tudo nesse belíssimo romance de Camilo Castelo Branco, que veio a se tornar o primeiro escritor profissional em Portugal, dotado de uma capacidade prodigiosa para escrever a partir da observação da sociedade, com inclinação para a intriga e análise passionais.

Este projeto da Aquarela Brasileira Livros, que conta com apoio da DGLAB – Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas / Ministério da Cultura de Portugal, tem como objetivo criar pontes com a boa literatura feita em Portugal. Para isso criamos a Coleção Portugal em Prosa e Verso, da qual fazem parte obras de Fernando Pessoa, Luís Vaz de Camões, Antero de Quental, Camilo Pessanha, Florbela Espanca, Mário de Sá-Carneiro, Camilo Castelo Branco, Pêro Vaz de Caminha, João José Cochofel, entre outros.

SOBRE O AUTOR

Camilo Castelo Branco nasceu em 1825, em Lisboa, e faleceu em 1890, em São Miguel de Seide (Famalicão).
Com uma breve passagem pelo curso de Medicina, estreia-se nas letras em 1845 e em 1851 publica o seu primeiro romance, Anátema.
Em 1860, na sequência de um processo de adultério desencadeado pelo marido de Ana Plácido, com quem mantinha um relacionamento amoroso desde 1856, Camilo e Ana Plácido são presos, acabando absolvidos no ano seguinte por D. Pedro V.
Entre 1862 e 1863, Camilo publica onze novelas e romances, atingindo uma notoriedade dificilmente igualável.
Tornou-se o primeiro escritor profissional em Portugal, dotado de uma capacidade prodigiosa para efabular a partir da observação da sociedade, com inclinação para a intriga e análise passionais.
Considerado o expoente do romantismo em Portugal, autor de obras centrais na história da literatura nacional, como Amor de Perdição, A Queda dum Anjo e Eusébio Macário,
Camilo Castelo Branco, cego e impossibilitado de escrever, suicidou-se com um tiro de revólver a 1º de Junho de 1890.

DADOS DO LIVRO
Título: Coração, Cabeça e Estômago
Autor: Camilo Castelo Branco
Editora: Aquarela Brasileira Livros
Gênero: Romance
Formato: 14 x 21 cm
Número de páginas: 180
ISBN: 978-65-86867-19-0
DL: 508869/22
Web: www. aquarelabrasileira.com.br/coracao-cabeca-e-estomago
Encomendas/Pedidos: faleaquarela@gmail.com

Aquarela Brasileira Livros
Brasil – Portugal
www.aquarelabrasileira.com.br/aquarela-brasileira-livros
www.facebook.com/aquarelabrasileira
www.instagram.com/aquarelabrasileiramultimedia
www.tiktok.com/@aquarelabrasileira_abm
faleaquarela@gmail.com

Visited 1 times, 1 visit(s) today
Share

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


seis − = 3