alice Lopes no Psiu Poético

30 – Poetas celebram o Psiu Poético

A Aquarela Brasileira Livros está organizando uma antologia com poetas convidados de todo o Brasil para celebrar os 30 anos do Salão Nacional de Poesia Psiu Poético.  A proposta é fazer uma obra memorável, com projeto gráfico destacável, de bom conteúdo, com bons papéis e acabamento fino, no formato 15,8 x 22,8 cm, com miolo em Polen Bold 80 grs, para marcar essa data com toda pompa e circunstância. E quem sabe ganhar prêmios, marcar uma época. Que esta obra entrará para os compêndios da literatura, não temos dúvida. Cada poeta terá seis páginas para publicar seus poemas e breve biografia.

O Psiu Poético é referência no fomento e valorização da literatura brasileira. Nos seus 30 anos de existência influenciou gerações, se firmando como um projeto de resistência cultural, responsável diretamente pela formação de leitores, escritores, poetas e artistas.

A poesia está em toda parte, mas no Psiu Poético ela extrapola espaços, vai para as ruas, para as escolas, para a rodoviária, para o Mercado Central, para a universidade, para o Centro Cultural e para os bares noite afora. A poesia não tem regras, mas no Psiu Poético ela ganha em espontaneidade, com os saraus à queima roupa que rolam onde tem quem queira ouvir poesia e participar de uma festa onde os poetas são estrelas de muitas faces. E quantos poetas incríveis desse Brasil rico em poesia já pisaram o chão sagrado do Psiu Poético, que os convida para Montes Claros e os trata com a melhor das carnes de sol com mandioca do mundo.

Nas suas três décadas de ampla atividade literária e agitação cultural, o Psiu Poético recebeu escritores como Alice Ruiz, Mirna Mendes, Arnaldo Antunes, Waly Salomão, Madam, Olga Savary, Thiago de Mello, Jorge Mautner, Adão Ventura, Edvaldo Santana, Sebastião Nunes, Virna Teixeira, Péricles Cavalcanti, Estrela Leminski, Adélia Prado, Mano Melo, Rodrigo Garcia Lopes, Anelito de Oliveira, Ademir Assunção, Wagner Merije, Ricardo Aleixo, Fernando Aguiar e tantos outros. Todo ano alguns recebem homenagens.

É uma  maravilha de encontro literário em um cenário e clima especial: no cerrado mineiro onde o sol brilha forte. Se você não conhece, tem que conhecer! Tem que participar! Tem que colocar no calendário das festividades que vale a pena o evento e a viagem, em todos os sentidos.

Aguarde!!!

Aquarela BRAZUKA BEATS

_MG_1281-84

A Aquarela Brasileira Music está montando um casting de DJs para participar de festivais e eventos diversos. Várias ações de lançamento estão previstas.

A coletânea Aquarela BRAZUKA BEATS será a primeira apresentação do trabalho dos DJs participantes.

Se você é DJ e quer brilhar e tocar pelo Brasil e o mundo, chegou a sua hora. Participe agora!!!

REGULAMENTO

1. Qualquer DJ (ou músico que atue como DJ), de qualquer região do país, gênero, idade, experiente ou iniciante, pode participar.

2. Cada DJ poderá enviar quantas músicas quiser para audição.

3. Em nome da inventividade, todos os gêneros de música são bem-vindos. A proposta é reunir faixas que sejam “dançantes e tenha a energia da música brasileira”. Esses são dois dos critérios que nortearão a escolha da curadoria, além de outros, como “originalidade e boa qualidade sonora (para os padrões de pista de dança)”.

4. Solicitamos que atentem para algum texto (quando houver) que fira ou incite contra as opções e minorias, com conteúdos pejorativos à cor, condição sexual, crenças, religiões e outros, para evitarmos problemas.

5. É de responsabilidade de cada autor(a) a autoria da obra enviada (loops, samples, instrumentos, vozes, texto – quando houver).

6. A coletânea será apresentada para o público em MP3 (possivelmente), mas solicitamos o envio das faixas para audição em arquivo wav. (preferencialmente). Depois da escolha das faixas e da montagem da ordem, a coletânea deverá passar por um processo de masterização.

7. Atentem para que as faixas tenham no máximo 10’ (dez minutos) de duração (cada uma).

8. A(s) faixa(s), junto com os dados (autoria, músicos participantes – se houver e outras informações) deve(m) ser enviada(s) para o e-mail:   faleaquarela@gmail.com (Se preciso, pode-se usar serviços como Wetransfer)

9. A curadoria para escolha das faixas que comporão a coletânea será feita por DJs e artistas parceiros da Aquarela Brasileira. A decisão dos curadores é soberana.

10. A coletânea contará com registro de ISRCs. O copyright (C) constará na ficha técnica em favor dos autores e músicos acompanhantes (quando houver) preservando a propriedade intelectual da obra e direitos de cada um e de todos. Cada um deverá registrar a obra selecionada para a coletânea em sua associação musical ou editora.

11. Os selecionados para a coletânea poderão ou não entrar para o casting da Aquarela Brasileira Music, mas poderão ser convidados para participar de showcases, oficinas, shows, festivais, eventos especiais e outras atividades.

12. A coletânea poderá ser encartada em alguma publicação (jornal, revista, livro) a título de promoção, com o objetivo de divulgar os DJs participantes para um público maior.

13. A Aquarela Brasileira Music cuidará da produção fonográfica e executiva, design de capa, rótulo, encarte e peças promocionais (quando houver), assessoria de promoção, desenvolvimento de parcerias, organização de eventos e turnês (quando possível). Os custos serão divididos entre os participantes, que receberão uma cota de CDs.

14. Outras cotas de CDs e Vinis (quando houver) poderão ser solicitadas com descontos especiais para os participantes.

15. Qualquer dúvida, enviar e-mail para: faleaquarela@gmail.com

_MG_1139-8_recortada

 

Realização: Aquarela Brasileira Music

aquarela brasileira_logo_final

A arte do Brasil em primeiro lugar

Em breve teremos uma nova loja Aquarela Brasileira para você adquirir todas as nossas criações e lembranças de outros criadores e parceiros.

AGUARDE!!!

 

 

Leve um livro

Leve um livro completa

Poesia circulando nas ruas, para o maior número possível de pessoas. Essa foi a ideia que motivou a criação da coleção Leve um Livro.

Seja em blogs, zines, revistas, saraus ou edições independentes, a poesia brasileira contemporânea mostra vigor e criatividade, com uma grande variedade de estilos e dicções. “O objetivo é justamente dar uma amostra dessa produção, colocando para circular o trabalho de poetas de todas as partes do país”,  contam os editores Ana Elisa Ribeiro e Bruno Brum.

O funcionamento da coleção é bastante simples: são convidados poetas de todo o Brasil para publicar microantologias. Os livros são feitos especialmente para a coleção, com projeto gráfico exclusivo, e são distribuídos gratuitamente, em diversos pontos de Belo Horizonte, onde o projeto surgiu.

Leve um livro_Fabricio Corsaletti

A Aquarela Brasileira, em parceria com os editores, está empenhada no projeto de levar a Coleção Leve um Livro para outras cidades do Brasil. Aguardem novidades!Leve um livro 4Enquanto isso, confira o site da Coleção Leve um livro e baixe gratuitamente os livros já publicados. Boa leitura!