Arquivo da tag: art

Tom Otuké’s magical creations

 

Tom Otuké-self2

Tom Otuké is a unique, self-taught, super creative artist, who has been creating his own, original pictorial universe, where the world of humans merges with the multiverse inhabited by several other beings.

Wine Bottles Collection_Artwork 2

His works are an invitation to contemplation, discovery, delight. As he himself declares, “each work of mine is a world apart. Even those that are part of series are unique, special works, in which I search deep in my soul for my touch and vision.”

Tom Otuké-artwork 4

According to Otuké, “each painting takes days or weeks to complete. And even so, the impression I have is that it is never finished. I can spend days, weeks, months and years perfecting them, or looking for a specific detail that I would like the work to have”.

Dope cat_Artwork

 

Perfectionist and dedicated, the artist has been creating nonstop for years, but only recently decided to open his chest of stories and show what’s inside, even then only to his closest friends. “My intention is to have enough works to put together a beautiful, pleasant, surprising exhibition, where both children and adults can admire and be enchanted by what they see”, he says, still a little shy and insecure.

Tom Otuké-artwork 3

Tom Otuké has no shortage of talent, as you can see when you observe some of the works he made available for his presentation, always very colorful and with lots of plants.

Iris Apfel_Artwork

A background detail is that, following the movement for the decriminalization of cannabis, the herb became part of the dreamlike gardens that adorn his wonderful creations, which elevates his creations to a different level from other creators. “I care a lot about climate change, I am a guardian of nature and my work is a warning against the ongoing devastation!”, he explains.

Tom Otuké-artwork 6

When interviewed for a magazine, the artist replied that his art is the main thing, which is why he doesn’t like to appear much, he hardly gives interviews and lives his life in a low-profile way. However, his art speaks for itself, with a lot of originality, delicacy and elegance.

AB Exhibition is the artist’s exclusive representative. For interviews or orders, contact faleaquarela@gmail.com

www.instagram.com/tom_otuke
www.thecannabisworld.net/who-is-tom-otuke
www.aquarelabrasileira.com.br/tom-otukes-magical-creations

 

Tom Otuké-artwork 8

As mágicas criações de Tom Otuké

Tom Otuké é um artista único, autodidata, super criativo, que vem erguendo um universo pictórico próprio, original, onde o mundo dos humanos se funde com o multiverso habitado por diversos outros seres. Seus trabalhos são um convite à contemplação, à descoberta, ao deleite. Como ele mesmo declara, “cada obra minha é um mundo à parte. Mesmo as que fazem parte de séries são trabalhos únicos, especiais, em que busco no fundo da minha alma o meu toque e visão”.
Segundo Otuké conta, “cada quadro demora dias ou semanas para ficar pronto. E mesmo assim, a impressão que tenho é que nunca está acabado, que posso passar dias, semanas, meses e anos a aperfeiçoá-los, ou a buscar um detalhe específico que gostaria que a obra tivesse”. Perfeccionista e dedicado, o artista vem criando sem parar há anos, mas só a pouco resolveu abrir seu baú de histórias e mostrar o que tem lá dentro, mesmo assim apenas para os/as amigos/as mais próximos. “Minha intenção é ter obras suficientes para montar uma exposição bonita, agradável, surpreendente, onde tanto as crianças quanto os adultos possam admirar e se encantar com o que verão”, assume, ainda um pouco tímido e inseguro.

Tom Otuké-artwork 7

Talento não falta a Tom Otuké, como se poderá comprovar ao ver alguns dos trabalhos que ele disponibilizou para sua apresentação, sempre bastante coloridos e com muitas plantas. Um detalhe de fundo é que, a partir dos movimentos pela descriminalização da cannabis, a erva passou a fazer parte dos oníricos jardins que adornam suas maravilhosas criações, o que eleva suas criações a um patamar distinto de outros criadores. “Me importo muito com as mudanças climáticas, sou um guardião da natureza e meu trabalho é um alerta contra a devastação em curso!”, explica ele.

Tom Otuké-artwork 5

Ao ser entrevistado para uma revista, o artista respondeu que sua arte é o principal, por isso ele não gosta de aparecer muito, quase não dá entrevistas e vive sua vida de forma low-profile. Entretanto, sua arte fala por si própria, com muita originalidade, delicadeza e elegância.

A AB Exhibition é a representante exclusiva do artista. Para entrevistas ou encomendas, contacte faleaquarela@gmail.com

www.instagram.com/tom_otuke

www.thecannabisworld.net/who-is-tom-otuke
www.aquarelabrasileira.com.br/tom-otukes-magical-creations

HeartPhone

HeartPhone_ENG

This conference (talk) is the result of years and years of involvement with music in all its spheres. The author combines his research with that of other scholars on the subject in an attempt to expand the boundaries of what is known about the various phenomena associated with the magical chain of notes and chords that produce sound and music.

Topics covered include studies on the exposure of babies and children to sound and music from a young age; how access to musical education can contribute to improving learning; music as therapy; music and sounds as part of rituals; reactions to sound, which can vary from individual to individual and from collectives to collectives; how music can be better appreciated in the various moments and places where it appears; the sensations that major or minor chords can generate for different listeners; the various genres and rhythms of music, among other subjects.

The power of music is to offer playful and relaxing moments for the whole family, for all ages, in addition to stimulating body movement and connection with the mind and soul. All of this emanates harmony, peace, love, relaxation, playfulness. Science is proving that music is good for the health and well-being of listeners and helps with emotional, physical and psychological development. When we are exposed to good music we feel more alive, more creative, allowing us to take new flights.

Put on your HeartPhone and come along and listen to the sounds and music that the multiverse presents to us.

 

ABOUT THE AUTHOR
Wagner Merije is a writer, lecturer, journalist, educator, editor, musician and multimedia creator. His heterodox training has led him to present works and creations in different countries, in different spaces of knowledge. He develops investigations in the fields of literature, music, audio and image, communication and technology, and how these languages and technological tools can contribute to the emancipation of students and educators. He has created projects for schools, universities, companies, international government bodies, NGOs, galleries, festivals, fairs and conferences, always seeking to unite languages and participants. He has already been honored with different awards. He leads several initiatives to promote culture, innovation and entrepreneurship in Brazil, Portugal and other countries.
www.merije.com.br
www.aquarelabrasileira.com.br
www.youtube.com/@PeaceExperience1

Uma viagem ao Brasil Musical na Casa das Artes

Matinée_Casa das Artes_211022_DJ Merije Suprasensorial

Uma viagem ao Brasil musical com o criador multimedia, músico, escritor, gestor cultural e investigador na UC, Wagner Merije, brasileiro que tem parcerias musicais com vários criadores do Brasil e de outros países.
A trip to musical Brazil with the multimedia creator, musician, writer, cultural manager and researcher at UC, Wagner Merije, a Brazilian who has musical partnerships with several creators from Brazil and other countries.
Coimbra, Portugal

Vida, Amor e Dor: As mulheres na construção do Brasil

FEED_Expo Vida Amor e Dor

 

“Vida, Amor e Dor: As mulheres na construção do Brasil”

De 2 de setembro a 2 de outubro de 2022

Inauguração: Dia 02/09/2022 às 18:00 horas

Visitas: De terça a domingo, das 14:00 às 20:00

Centro Cultural Penedo da Saudade

Coimbra – Portugal

Vida, Amor e Dor: As mulheres na construção do Brasil” é uma mostra alusiva ao universo feminino. Esta exposição inédita insere-se na programação dos 200 anos da Independência do Brasil e apresenta uma tentativa de compreender o lugar e a importância das mulheres no processo de formação do Brasil antes e depois da chegada dos portugueses.

Os espaços expositivos do Centro Cultural Penedo da Saudade serão ocupados com obras em diversos formatos e suportes, como colagens analógicas, impressões digitais em tecidos, prints, pinturas e cerâmicas, criadas pelas artistas Lia Testa, Cláudia Costa e Juliana Leitão Marcondes.

O conjunto das obras abordam diversas questões dentro do universo temático do feminino e convida o público a pensar e a debater o passado, o presente e o futuro.

Artistas Participantes

Eliane Testa (Lia Testa) é professora, poeta e artista visual. Como colagista explora a colagem analógica a partir de procedimentos de justaposição e de sobreposição de imagens. Sua produção visual tematiza a mulher em diferentes olhares e é atravessada pelo erótico e pelo nonsense. Suas últimas séries de colagens tematizam o Cerrado, um dos biomas brasileiros mais ameaçados. Atualmente tem pesquisado a mixmediacollage e a colagem expandida. Possui pós-doutorado em etnopoesia (PPGL/UFT – 2020). Doutora em Comunicação e Semiótica (PUC/SP – 2015), Mestre em Letras pela (UEL/PR – 2002). Tem publicado os livros de poesia “guizos da carne: pelos decibéis do corpo” (Poesia Menor/ SP, 2014) e “sanguínea até os dentes” (Patuá/SP, 2017). É professora da Universidade Federal do Tocantins-UFT/UFNT, do Curso de Letras, docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Letras: Ensino de Língua e Literatura – PPGL, da Universidade Federal do Tocantins/Câmpus de Araguaína e do Programa de Mestrado Profissional em Letras (ProfLetras – UFT/Câmpus de Araguaína). Instagram: @liatesta_colagista

eleutheria libertas_Lia Testa_redux

 

Cláudia Costa é uma pintora iconoclasta figurativa nascida em Coimbra em 1966. Licenciada em Pintura pela Universidade das Artes de Coimbra (ARCA/ EUAC), professora de artes no ensino público desde 1996. Iniciou o seu percurso artístico em 1986, tendo-se feito representar em inúmeras exposições individuais e coletivas. Sobre seu trabalho escreveu o Professor Carlos Almeida: “A sua Pintura navega entre os Mitos e a História, entre mundos sobrenaturais e a necessidade da compreensão do mundo real, numa convivência crítica entre os ícones atuais ou um certo lixo civilizacional e as particularidades da Memória coletiva.”

Mulher Santa_Cláudia Costa_redux

 

Juliana Leitão Marcondes é licenciada em Terapia Ocupacional, no Brasil e há sete anos vem fazendo seu percurso na cerâmica, sendo três deles em Portugal. Entre formações institucionais e aprendizados autodidata, principalmente na roda de oleiro, vem produzindo e reproduzindo peças inspirados no cotidiano, que se adaptam aos diferentes movimentos da vida da artista. Ora a feira, ora uma instalação artística, ora o barro como benzedura e cura. “O meu trabalho na cerâmica é uma negociação constante entre três entidades: o barro, o humano e o movimento, da roda e da vida.” Participou como performer no ato performático “O corpo barro” do coletivo performático sem nome no festival Linha de fuga, realizado em Coimbra-Pt em setembro de 2020, com o tema Ritual em Espaço Público. Participou como criadora e performer de setembro de 2021 a janeiro de 2022 da residência artística Demiurga onde teve a exposição de suas peças cerâmicas na instalação intitulada “corpo barro – primeiro portal”. Participação como facilitadora na vivencia “Ritual de cocriação da Vida Plena com Barro” retiro da plenitude em setembro de 2021, mata do Bussaco.

Vida doméstica-Juliana Leitão Marcondes

 

Quem foram as mulheres que construíram o Brasil?

Às mulheres tem sido constantemente negado o devido crédito na História do Brasil. À vista disso, podemos levantar a seguinte questão: Quem foram as mulheres que construíram o Brasil?

Mulheres Indígenas, Mulheres Portuguesas (e europeias) e Mulheres Africanas muito fizeram, contribuíram e tiveram papéis importantes nas várias etapas da vida da nação – no desbravamento do solo, na defesa e reconquista da terra, na salvaguarda dos valores culturais e humanistas -, mas ficaram invizibilizadas por preconceitos nacionais, rácicos, religiosos, políticos, sociais e de género.

Na extensa galeria de homens célebres, personagens como a Imperatriz Leopoldina, a “soldado” Quitéria, Soror Joana Angélica, Dandara, Tereza de Benguela, Damiana, Urânia Vanério, Maria Firmina dos Reis, entre tantas outras, ficaram em segundo plano.

Dentre as mulheres abordadas nesta exposição, algumas alcançaram destaque pelo envolvimento ativo no processo da Independência, enquanto outras, mesmo que de maneira indireta, foram grandes observadoras do contexto e registraram os principais acontecimentos a partir de suas próprias percepções.

 

Sobre o Centro Cultural Penedo da Saudade

Inaugurado em 18 de janeiro de 2019 e integrado no projeto cultural do Instituto Politécnico de Coimbra, o Centro Cultural Penedo da Saudade tem como objetivo primordial contribuir para o enriquecimento cultural da comunidade deste Instituto numa complementaridade do que é já a produção cultural das suas unidades orgânicas. Também visa promover a partilha de eventos culturais e artísticos em Coimbra, quer através do reforço da divulgação quer, mesmo, através de intercâmbios. Encontra-o na zona do Penedo da Saudade, com uma bela vista da cidade.
www.ipc.pt/ipc/viver/cultura/ccps-digital

 

Ficha Técnica

Curadoria e textos: Wagner Merije

Produção: Aquarela Brasileira Exhibitions

Informações: faleaquarela@gmail.com

www.aquarelabrasileira.com.br

www.aquarelabrasileira.com.br/aquarela-brasileira-exhibitions

Baile Perfumado

cartaz_merije.indd

24ª Semana Cultural da Universidade de Coimbra apresenta

BAILE PERFUMADO

Um convite para ouvir grandes temas da MPB (Música Popular Brasileira) e pérolas de carnaval em DJsets especiais. Uma noite para sorrisos, danças e encontros.

An invitation to listen to great themes of MPB (Brazilian Popular Music) and carnival pearls in special DJsets. A night for smiles, dances and meetings.

04/03/2022 – Sexta-feira – A partir das 22h00
Salão Brazil – Largo do Poço, nº 3, 1º andar, Coimbra, Portugal

 

CULTURA CULTO Sound System
Suprasensorial + Pedro D-Lita

Suprasensorial é um projeto de experimentação sonora guiado pelo multifacetado Wagner Merije. Suas músicas podem ser ouvidas em discos, filmes, programas de TV, exposições de arte e em outros ambientes. Já se apresentou em casas de concertos e festivais em países como Brasil, Estados Unidos, Inglaterra, França, Espanha e Portugal. www.merije.com.br

Pedro D-Lita é produtor, brasileiro, autor e fundador do selo B•Mundo (Music Art Concept) e dos eventos “Samba Soul” e “Baile Bom! em Paris. Já produziu vários shows em Londres (O Rappa, Marcelo D2, Nação Zumbi) e é co-fundador do grupo Stereo Maracanã, com o qual fez turnês em diversos festivais no Brasil e na Europa: Humaitá pra Peixe (RJ-2003), Abril pro Rock (PE-2003), Popkomm (2008) em Berlim, e se apresentou em várias salas de concerto em Paris, Londres, Bruxelas e Amsterdã (2007 e 2008) . Lançamento do cd “Combatente” sob o selo “Maianga” YB, mixado em São Paulo. Masterização dirigida por Tom Coyne – Sterling Sound Studio em NY. Participação em coletâneas de música britânica Brazilian, “Brazilian Beats” e “Essential Brazilian Flavas”. www.bmundo.co.uk
@bmundolabel / @pedrodlita

Vídeo “Freestyle Love – Stereo Maracanã”: https://youtu.be/hCcqYCfJQqI

 

Entrada franca mediante reserva pelo e-mail: faleaquarela@gmail.com

Free admission upon reservation by email: faleaquarela@gmail.com

Mais informações: www.aquarelabrasileira.com.br
faleaquarela@gmail.com

 

Arte: Heitor dos Prazeres

Coimbra Música Conversas_Carlos Mendes_Kaló

Bem-vindos, bem-vindas ao Coimbra Música & Conversas, um encontro para falarmos sobre música, formação musical, apoio à cultura e sobrevivência artística em tempos de pandemia. Em meio às conversas, improvisos musicais com cada convidado ou convidada. Uma oportunidade de conhecer e valorizar os artistas da cidade, além de manifestar nosso apoio em tempos de pandemia a quem tanto contribui para que nossos dias tenham arte e mais cores.

O convidado de hoje é Carlos Mendes, também conhecido como Kaló. É baterista, compositor e cantor da banda The Twist Connection. Já integrou combos como The Parkinsons, WrayGunn, Bunnyranch, Tédio Boys, dentre outros.

Nessa conversa animada, a lenda do rock de Coimbra relembra suas diversas bandas, fala da sua relação com a bateria e com a vida de músico, das angústias existenciais e criativas, aborda seus estudos filosóficos, apresenta sua visão sobre a cena de Coimbra “Capital do Rock’n’roll” e de outros géneros musicais, reflete sobre a formação de público, entre outras questões sensíveis.
O uso das línguas no rock, especialmente da Língua Portuguesa, e suas participações no cinema também passam por seu crivo.
E como ele mesmo diz, apesar da crise pandêmica, “está cheio de ideias para continuar a fazer música”.

Uma conversa verdadeira e com a maturidade de quem tem uma longa história e muito por partilhar.

O projeto Coimbra Música & Conversas é uma realização da Aquarela Brasileira Multimedia para o Ciclo Orphika 2020 da Universidade de Coimbra.

O mediador convidado para esta série é Wagner Merije, doutorando na FLUC, jornalista, poeta, escritor, editor, compositor, gestor cultural e criador multimedia.

Acompanhe a série de conversas no link
www.aquarelabrasileira.com.br/coimbra-musica-conversas-serie

Apoiem os artistas! Cultura é segura!

New Proposals for New Worlds

Capa_Coverpage_PROPOSTAS novas para novos mundos

A powerful publication, with texts and images of enormous quality, variety of styles and relevance of content, that will go down in History as an important reflection document

New Proposals for New Worlds (Propostas Novas para Novos Mundos) is a collective project of literary intervention that emerged during the pandemic in the first months of 2020, made up of several people who went through frightening, distressing and profoundly uncertain times in the face of the adversities of Covid-19.

The e-book resulting from the respective proposals, coming from authors from several continents, is available to the general public through a free download.

Participate in this collection Alejandra Coz Rosenfeld, Ana Cláudia Henriques, Andréia Azevedo Moreira, Carlos Nuno Granja, Carlos Seabra, Dennis de Oliveira, Eliane Testa, Fiamma Viola, Franco Barbato, Gian Luca Masciangelo, Graziela Andrade, João Morales, Julie-Cerise Gay, Marcia Langfeldt, Marcos Silva, Melina Sarnaglia, Mirian Ringel, Paulo Branco Lima, Peilin Yu, Pilar Colás, Pires Laranjeira, Rômulo Garcias, Virna Teixeira and Wagner Merije.

They are thinkers and thinkers from countries like Brazil, Chile, China, Ecuador, France, England, Israel, Italy, Norway and Portugal, active in various areas of knowledge and society, engaged in various projects and initiatives.

Among the themes addressed are the lack of clarity regarding the directions of society, affection, motherhood, family, education, art, justice and injustice, racism, violence, economy, ecology and much more.

In summary, this electronic book tries to form clues for reflection on the most pertinent questions of the current situation: In what do we believe? How do we act? What can we do that we have not done?

According to Wagner Merije, organizer and editorial coordinator of the initiative, “all we had ahead was uncertainty. In fact, more than ever, we now have one certainty: that nature is brutal and can promote our extinction with ease. Deep down, we are all fragile individuals. Without a particular organization and high instinct for justice and solidarity, many lives will be lost. At the same time, we are plural beings, the universe (multiverse) is composed of many lives, and only mutual respect will allow the communion of these lives on Planet Earth”.

In the 212 pages the power of the publication is manifested in various texts, such as essays, scientific articles, chronicles, short stories, poems, as well as photographs, collages, illustrations, visual and plastic arts.

In the words of Paulo Branco Lima, writer and associate editor of the project, “many of us went through the period of confinement to observe and reflect on the world and life. Standing at home for days and days (who could, at last), we lost track of time and began to measure the value of friendships, of companies, of simplicity, instead of counting how many clothes or shoes, how many cars or privileges money can buy – things and possessions that, in certain situations, lose their meaning”.

As a document of this time, it is a work with depth and seriousness to serve as a reflection for posterity, whatever it may be.

Here is an invitation to read these pages and share these visions of lives and worlds; here are some points of view in search of more collective looks.

Sharing knowledge

As everyone knows, the various cultural agents are working to ensure that their audiences, who have experienced periods of isolation and are still under stress, are not deprived of access and contact with the knowledge and practice of the arts. We are interested that reflection is an instrument for the necessary changes.

Aware of this, Aquarela Brasileira Books and the authors of New Proposals for New Worlds (Propostas novas para novos mundos) offer a free download here: Propostas novas para novos mundos_Final

Help spread this project among your friends and network. Share it! Let the knowledge circulate freely and accessible for everyone.

 

E-BOOK INFO
Title: Propostas novas para novos mundos (New proposals for new worlds)
Authors: 24
Publisher: Aquarela Brasileira Livros
Number of pages: 212
ISBN: 978-65-86867-05-3
Web: www.aquarelabrasileira.com.br/new-proposals-for-new-worlds

 

Aquarela Brasileira Livros

Books are amazing! We love them!

www.aquarelabrasileira.com.br/aquarela-brasileira-livros

www.facebook.com/aquarelabrasileira

faleaquarela@gmail.com

Festival Visual Brasil 2018_16ª edición

Barcelona, na Espanha, é a terra do Festival Visual Brasil, que em 2018 viu sua 16ª edição se realizar.
VJs, DJs e artistas de vários países participam, fazendo do VB um dos eventos mais prestigiados nessa área.

Wagner Merije se apresentou nesta festa internacional pela segunda vez: a primeira vez foi em 2012 e a segunda em 2018.

Uma parceria DarkLight Studios e Aquarela Brasileira.

Veja este show de imagens!

FESTIVAL VISUAL BRASIL 2018_16 edición
festivalvisualbrasil.com
Viernes 28 y Sábado 29 de septiembre de 2018 _ Punt Multimedia, Barcelona.
Videoarte, mapping, performances audiovisuales, debates y nuevas medias.
Un encuentro de mas de 40 artistas y colectivos locales e internacionales, trabajando el concepto de interculturalidad en las investigaciones contemporáneas, tales como: videoarte, mapping, performances audiovisuales y trabajos con nuevas medias.
El Festival Visual Brasil es un evento gratuito que pretende acercar las nuevas tendencias del mundo del audiovisual al publico en general, potenciando la red internacional de intercambio, conocimiento y reflexión entre Europa y América del Sur.
Celebra su 16 edición en la ciudad condal, desarrollando sus actividades en el Punt Multimedia, centro dinamizador de proyectos multimedia y tecnologías digitales, situado en la Casa del Mig del Parc de l’Espanya Industrial de Barcelona, los próximos Viernes 28 y Sábado 29 de septiembre de 2018
Video: Tklab

Aquarela BRAZUKA BEATS

_MG_1281-84

A Aquarela Brasileira Music está montando um casting de DJs para participar de festivais e eventos diversos. Várias ações de lançamento estão previstas.

A coletânea Aquarela BRAZUKA BEATS será a primeira apresentação do trabalho dos DJs participantes.

Se você é DJ e quer brilhar e tocar pelo Brasil e o mundo, chegou a sua hora. Participe agora!!!

REGULAMENTO

1. Qualquer DJ (ou músico que atue como DJ), de qualquer região do país, gênero, idade, experiente ou iniciante, pode participar.

2. Cada DJ poderá enviar quantas músicas quiser para audição.

3. Em nome da inventividade, todos os gêneros de música são bem-vindos. A proposta é reunir faixas que sejam “dançantes e tenha a energia da música brasileira”. Esses são dois dos critérios que nortearão a escolha da curadoria, além de outros, como “originalidade e boa qualidade sonora (para os padrões de pista de dança)”.

4. Solicitamos que atentem para algum texto (quando houver) que fira ou incite contra as opções e minorias, com conteúdos pejorativos à cor, condição sexual, crenças, religiões e outros, para evitarmos problemas.

5. É de responsabilidade de cada autor(a) a autoria da obra enviada (loops, samples, instrumentos, vozes, texto – quando houver).

6. A coletânea será apresentada para o público em MP3 (possivelmente), mas solicitamos o envio das faixas para audição em arquivo wav. (preferencialmente). Depois da escolha das faixas e da montagem da ordem, a coletânea deverá passar por um processo de masterização.

7. Atentem para que as faixas tenham no máximo 10’ (dez minutos) de duração (cada uma).

8. A(s) faixa(s), junto com os dados (autoria, músicos participantes – se houver e outras informações) deve(m) ser enviada(s) para o e-mail:   faleaquarela@gmail.com (Se preciso, pode-se usar serviços como Wetransfer)

9. A curadoria para escolha das faixas que comporão a coletânea será feita por DJs e artistas parceiros da Aquarela Brasileira. A decisão dos curadores é soberana.

10. A coletânea contará com registro de ISRCs. O copyright (C) constará na ficha técnica em favor dos autores e músicos acompanhantes (quando houver) preservando a propriedade intelectual da obra e direitos de cada um e de todos. Cada um deverá registrar a obra selecionada para a coletânea em sua associação musical ou editora.

11. Os selecionados para a coletânea poderão ou não entrar para o casting da Aquarela Brasileira Music, mas poderão ser convidados para participar de showcases, oficinas, shows, festivais, eventos especiais e outras atividades.

12. A coletânea poderá ser encartada em alguma publicação (jornal, revista, livro) a título de promoção, com o objetivo de divulgar os DJs participantes para um público maior.

13. A Aquarela Brasileira Music cuidará da produção fonográfica e executiva, design de capa, rótulo, encarte e peças promocionais (quando houver), assessoria de promoção, desenvolvimento de parcerias, organização de eventos e turnês (quando possível). Os custos serão divididos entre os participantes, que receberão uma cota de CDs.

14. Outras cotas de CDs e Vinis (quando houver) poderão ser solicitadas com descontos especiais para os participantes.

15. Qualquer dúvida, enviar e-mail para: faleaquarela@gmail.com

_MG_1139-8_recortada

 

Realização: Aquarela Brasileira Music