Arquivo da tag: mundo

O Cotovelo Kovid

 O COTOVELO Kovid_capa3D

O Kotovelo Covid, novo lançamento da Aquarela Brasileira Livros, emociona, encanta e ensina crianças e famílias

Para as crianças, uma boa história pode marcá-las para sempre. Os bons livros têm a capacidade de emocionar, encantar e ensinar. O Cotovelo Kovid é um desses livros perfeitos para os miúdos de todas as idades, pois apresenta uma história cheia de imaginação que toca o coração e ajuda crianças, mães, pais, familiares, professoras e professores a lidar com as dificuldades de forma lúdica.

Divertido e imaginativo, conta as aventuras de um cotovelo muito amigo, que está sempre pronto para brincar e nos proteger. Ficou curioso/a? Pois prepare-se para se apaixonar por uma turminha cheia de amor e consciência.

Em suas páginas coloridas o livro propõe uma conversa interessante sobre os tempos de pandemia, os cuidados com a saúde e a proteção de cada um e do coletivo.

Algumas das opiniões que nos chegam traduzem o encanto que gera esta obra elaborada com sensibilidade e amor:

Amei!!! Linguagem instigante, que propicia a imaginação e permite a expressividade. Abordagens que trazem para o universo infantil questões que mudaram abruptamente hábitos sociais. O distanciamento (para as crianças, as festinhas de aniversário são verdadeiros acontecimentos), a ansiedade, a necessidade de atividades físicas, o cuidado diário,  as perdas de entes queridos, dentre outras situações que podem gerar tantas dúvidas e inquietações, são tratadas de forma leve… Parabéns pela sensibilidade, por possibilitar aos pequenos uma alternativa de companhia, sendo esta, parte do próprio corpo. Imagino o impacto positivo nas vidas das famílias, como O Cotovelo Kovid trará auxílio aos adultos nas tentativas de explicações. As ilustrações, tão delicadas e perfeitas! Encantada também com a descrição dos envolvidos. Gratidão! Viajei com o livro!
Andrea Gomes – pedagoga (Brasil)

Fantástico!
Joana Vila Nova – professora Jardim de Infância da Universidade de Coimbra, mãe (Portugal)

Além de ser um tema atual, o livro dá indicações sobre as regras a cumprir na situação com que infelizmente nos vemos confrontados. Por outro lado uma das disciplinas do currículo chama-se Cidadania e Desenvolvimento e um dos temas a trabalhar prende-se com os riscos em geral e desta pandemia em particular, pelo que poderá servir de base de trabalho para explorar esse tema. Nesse sentido gostaria de lhe pedir autorização para poder divulgá-lo junto aos alunos da turma e até da escola. Cumprimentos,
Alfredo Martins – educador, coordenador de Português (Portugal)

Ahhh que ideia linda! É isso aí, transformar o caos em organização criativa.
Parabéns! Adorei! Dora, já estreando na literatura.
Graziela Andrade – mãe, escritora, professora, artista plástica (Brasil)

O livro está muito legal, parabéns, o texto é muito gostoso. Uma delícia fazer dobradinha com os filhos.
José Santos – escritor, pai (Brasil)

Sensacional! Lindo! Delicado! Belo!
Rômulo Garcias – ilustrador, escritor, pai (Brasil)

Com este primeiro lançamento infantil, a Aquarela Brasileira Livros vem, com respeito às crianças e aos jovens, aos autores e ilustradores, contribuir para a formação, o ensino e o entretenimento de seu público infanto-juvenil. Acreditamos no futuro com mais cuidados, cores, pluralidade, e a educação é a base de tudo. Empenhamos em produzir obras que respeitem a sensibilidade de nossos leitores e leitoras, desde a mais tenra idade, que estimulem o pensamento crítico, o debate, a criatividade e o interesse pela literatura e pela diversidade, com o apoio de professoras e professores e os estudantes.

SOBRE OS AUTORES
Wagner Merije é jornalista, escritor, editor e criador multimedia. Gosta de flores e de cores, de crianças, de gente grande e da natureza. É doutorando na Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra (Portugal). Conheça seus trabalhos em www.merije.com.br

Dora Merije Scatolini Araújo é uma menina criativa e divertida que adora desenhar, criar histórias e dançar. Nasceu em 2014 e é do signo de gêmeos. Seus desenhos foram bem aproveitados pela criativa Laís.

Laís Coutinho Fonseca é formada em Engenharia e ilustradora em tempo livre. Sua satisfação é alegrar os outros através de sua arte.

DADOS DO LIVRO
Título: O Cotovelo Kovid
Autores: Wagner Merije e Dora Merije
Ilustrações: Laís Coutinho Fonseca
Editora: Aquarela Brasileira Livros
Gênero: Literatura Infanto-Juvenil
Formato: 20 x 20 cm
Número de páginas: 24
ISBN: 978-65-86867-03-9
Depósito legal: 472975/20
Web: www.aquarelabrasileira.com.br/o-cotovelo-kovid
Encomendas: faleaquarela@gmail.com

 

Aquarela Brasileira Livros

Livros são Incríveis! A gente ama!

www.aquarelabrasileira.com.br/aquarela-brasileira-livros

www.facebook.com/aquarelabrasileira

Propostas Novas para Novos Mundos

Capa_Coverpage_PROPOSTAS novas para novos mundos

Uma publicação potente, com textos e imagens de enorme qualidade, variedade de estilos e relevância dos conteúdos, que entrará para a história como um importante documento de reflexão

Propostas Novas para Novos Mundos trata-se de um projeto coletivo de intervenção literária e artística surgido durante a pandemia, nos primeiros meses de 2020, constituído por várias pessoas que atravessaram momentos assustadores, angustiantes e de profunda incerteza perante as contrariedades da Covid-19.

O e-book resultante das respectivas propostas, advindas de autores de vários continentes,  encontra-se disponível para o público geral através de download gratuito.

Participam nesta coletânea Alejandra Coz Rosenfeld, Ana Cláudia Henriques, Andreia Azevedo Moreira, Carlos Nuno Granja, Carlos Seabra, Dennis de Oliveira, Eliane Testa, Fiamma Viola, Franco Barbato, Gian Luca Masciangelo, Graziela Andrade, João Morales, Julie-Cerise Gay, Marcia Langfeldt, Marcos Silva, Melina Sarnaglia, Mirian Ringel, Paulo Branco Lima, Peilin Yu, Pilar Colás, Pires Laranjeira, Rômulo Garcias, Virna Teixeira e Wagner Merije.

São pensadoras e pensadores de países como Brasil, Chile, China, Equador, França, Inglaterra, Israel, Itália, Noruega e Portugal, atuantes em várias áreas do conhecimento e da sociedade, engajados em diversos projetos e iniciativas.

Entre os temas abordados incluem-se a falta de clareza quanto aos rumos da sociedade, o afeto, a maternidade, a família, a educação, a arte, a justiça e a injustiça, o racismo, a violência, a economia, a ecologia e muito mais. Em resumo, este livro eletrónico tenta fornecer pistas de reflexão às questões mais pertinentes da conjuntura atual: Em que acreditamos? Como agimos? O que podemos fazer que não fizemos?

De acordo com Wagner Merije, organizador e coordenador editorial da iniciativa, “tudo o que tínhamos pela frente era incerteza. Na verdade, mais do que nunca, agora temos uma certeza: que a natureza é brutal e pode promover a nossa extinção com facilidade. No fundo, somos todos indivíduos frágeis. Sem uma determinada organização e elevado instinto de justiça e solidariedade, muitas vidas serão perdidas. Ao mesmo tempo, somos seres plurais, o universo (multiverso) é composto de muitas vidas, e só o respeito mútuo permitirá a comunhão dessas vidas no Planeta Terra.”

Nas 212 páginas a potência da publicação se manifesta em textos diversos, como ensaios, artigos científicos, crônicas, contos, poemas, além de fotografias, colagens, ilustrações, artes plásticas e visuais.

Nas palavras de Paulo Branco Lima, escritor e editor adjunto do projeto, “muitos de nós atravessámos o período de confinamento a observar e a refletir sobre o mundo e a vida. Parados em casa por dias e dias (quem pôde, enfim), fomos perdendo a noção de tempo e passámos a mensurar o valor das amizades, das companhias, da simplicidade, ao invés de contar quantas roupas ou sapatos, quantos carros ou privilégios que o dinheiro pode comprar – coisas e posses que, em determinadas situações, perdem o sentido.”

Como documento deste tempo, trata-se de um trabalho com profundidade e seriedade para servir de reflexão para a posteridade, seja ela qual for.

Eis um convite para ler, ver e refletir sobre essas páginas e partilhar destas visões de vidas e dos mundos, eis aqui alguns pontos de vista em busca de olhares mais coletivos.

Compartilhar conhecimento

Como é do conhecimento de todos, os vários agentes culturais estão a trabalhar para que os seus públicos,  que atravessaram períodos de isolamento e ainda estão sob tensão, não sejam privados de acesso e contato com o conhecimento e a prática das artes. Interessa-nos que a reflexão seja um instrumento para as mudanças necessárias.

Atentos a isto, a Aquarela Brasileira Livros e as autoras e autores de Propostas novas para novos mundo oferecem o download gratuito aqui: Propostas novas para novos mundos_Final

Ajude a divulgar este projeto entre seus amigos e rede de contatos.
Partilhe!
Que o conhecimento circule livre e acessível para todos.

DADOS DO E-BOOK
Título: Propostas novas para novos mundos
Autores: 24
Editora: Aquarela Brasileira Livros
Número de páginas: 212
ISBN: 978-65-86867-05-3
Web: www.aquarelabrasileira.com.br/propostas-novas-para-novos-mundos

 

Aquarela Brasileira Livros

Livros são Incríveis! A gente ama!

www.aquarelabrasileira.com.br/aquarela-brasileira-livros

www.facebook.com/aquarelabrasileira

faleaquarela@gmail.com

Paulo Freire em Coimbra

“O garoto Regulus: Freireando a vida”, de Paulo Rafael, em Coimbra, Portugal
“A história de Paulo Freire é uma saga. Paulo Rafael, educador, historiador e escritor, de forma lúdica nos convida a conhecer um pouco mais da trajetória do grande educador brasileiro, da infância ao exílio. É uma história que passa por caminhos tortuosos, mas que os aprendizados e a esperança na vida superaram todos os obstáculos. Em sua travessia, o garoto batizado com nome de rei, transformou a si próprio, a todos em volta e nos apresentou uma forma de educar.”
Aquarela Brasileira Livros
capa_O garoto regulus_3d_final
Aproveitando a estadia do autor em Portugal, A Escola da Noite acolhe no Bar/Livraria do TCSB, a  11 de Fevereiro, a apresentação do livro “O garoto Regulus: Freireando a vida”, editado pela Aquarela Brasileira Livros (São Paulo) em Agosto de 2019.
O texto é uma ficção que percorre, pelos olhos de uma criança, parte da trajectória do pedagogo e filósofo brasileiro Paulo Freire (1921-1997).
Nascido pobre e desde cedo órfão de pai, o menino Regulus viaja pela América do Sul, pelos países onde Paulo Freire esteve exilado (Bolívia, Chile), mas também pelo Uruguai e pela Argentina.
Ao longo da viagem, vai encontrando parceiros: Ariano (Suassuna), Manoel (de Barros), Eduardo (Galeano), Solano Trindade, entre outros.
Os relatos destes encontros e os diálogos interculturais proporcionados pela viagem lembram-nos a actualidade do pensamento de Paulo Freire e convidam-nos a reflectir sobre a conjuntura social e política que marca os nossos dias, na América Latina e noutras zonas do Mundo.
Para além do texto original, o livro agora apresentado inclui o guião da adaptação teatral feita pela actriz Paula Cortezia, xilogravuras de Lonko Valparaiso (chileno de origem Mapuchi), ilustrações de Romildo Ibeji e da criança Luna Manoela, posfácio do poeta e cordelista pernambucano Esio Rafael, prefácio do professor de história Ricardo Yuzo Nakanishi e apresentação de Lutgardes Costa Freire, filho de Paulo Freire.
A apresentação em Coimbra, com entrada livre e a presença de Paulo Rafael, é uma oportunidade para a troca de impressões e a partilha de experiências entre todas as pessoas que se interessam pelos temas da arte, da educação e das ligações entre elas.

Paulo Rafael_Foto_Junior Santos
Paulo Rafael_Foto_Junior Santos
Paulo Rafael
Educador, historiador e escritor nascido em São Paulo, Brasil, Paulo Rafael é autor dos livros “Almas da liberdade” (em parceria com Romildo Ibeji e Stiãojs), “O Mundo cá tem fronteira: Uma Aventura Brasil – Cabo Verde”, entre outros trabalhos. Trabalhou como educador na Secretaria de Estado da Criança, na Rádio Heliópolis e no Instituto Cabo-Verdiano de Menores, em Cabo Verde. Fez investigação para os documentários ‘Ermelino é Luz’ e ‘Um dia de Samba’, de Pedro Dantas.

APRESENTAÇÃO DE LIVRO | CONVERSA
O Garoto Regulus: Freireando a vida
de Paulo Rafael (São Paulo, Brasil)
conversa com o autor mediada por Wagner Merije
11 de Fevereiro de 2020
terça-feira, 18h30
Bar/Livraria do TCSB
entrada gratuita

O garoto Regulus Freireando a vida

capa_O garoto regulus_3d_final

“O garoto Regulus – Freireando a vida”, novo lançamento da Aquarela Brasileira Livros, convida os leitores para conhecerem a trajetória do educador Paulo Freire, patrono da educação brasileira, da infância ao exílio

* Obra selecionada para o Prêmio Oceanos 2020

A história de vida de Paulo Reglus Neves Freire (Recife,19/09/1921 – São Paulo, 02/05/1997) é de uma beleza e luta cativantes. É a história de um garoto, batizado com nome de rei, que transformou a si próprio e a todos com quem com ele teve contato. Além de ser um exemplo de ser humano, Freire apresentou ao Brasil e ao mundo uma forma revolucionária de educar.
Regulus, é preciso dizer, significa o pequeno rei. Este seria o sobrenome de Freire, mas o escrivão, por um equívoco, escreveu Reglus. Então o título do livro volta-se ao Regulus.

O legado de Paulo Freire é enorme: ele é um dos brasileiros mais conhecidos em todo o mundo, mas sua trajetória pela América Latina durante o exílio forçado pela ditadura no Brasil ainda carecia de um olhar mais atencioso.

É o que faz Paulo Rafael, historiador, educador e escritor, nesta obra literária que mistura prosa, poesia, música, teatro e imagens, em um trabalho com a marca do coletivo, por contar com vários colaboradores.

Quem assina o prefácio é Lutgardes Costa Freire, que assinala: “Paulo Rafael traça um percurso bastante interessante da relação simbiótica que existe entre Paulo Freire, meu pai, e sua passagem pela América Latina enquanto um todo. Meu pai sempre teve uma grande paixão pela América Latina, assim como também era bastante admirado por ela. Não foi por acaso que em Santiago do Chile ele escreveu a sua obra-prima, Pedagogia do Oprimido. Ele costumava dizer, que aprendeu muito durante sua passagem pelo Chile, país que o ajudou muito e a todos nós, filhos e filhas, assim como a minha mãe.”

Em tempos de acirramento dos ânimos políticos no Brasil pós-golpe e da perseguição das milícias virtuais e de alguns integrantes do governo Bolsonaro a Paulo Freire, Lutgardes é categórico em afirmar que se não tivesse sido acolhido no Chile. “acredito que os militares teriam matado o meu pai, se ele tivesse ficado no Brasil”.

Ao longo de sua caminhada pela vida, Freire fez inúmeros amigos. Paulo Rafael, nesse seu mapeamento afetivo e geográfico, lembra-nos de Ariano Suassuna, Solano Trindade, Pablo Neruda, Eduardo Galeano, Violeta Parra, Víctor Jara, Salustiano, J. Borges, fora outros mestres e conhecidos.

A poesia e a música (maracatu, frevo, samba, os ritmos latinos), o teatro, as paisagens latinas, os tipos físicos que Freire vai encontrando pelo caminho, tudo compõe a história, de leitura agradável e acessível para todas as idades. “Paulo Rafael lê o mundo como meu pai; ele descreve todo um cenário, com os olhos de uma criança, e meu pai dizia: ‘eu nunca esqueci a criança que fui…’”, destaca Lutgardes, que arremata: “Vale a pena ler essas pequenas, mas riquíssimas páginas de Paulo Rafael, que é um grande contador de histórias.”

“O garoto Regulus – Freireando a vida” conta ainda com xilogravuras e ilustrações de Lonko Valparaiso, chileno de origem Mapuchi, artista popular em Valparaíso, Chile, e de Romildo Ibeji, escritor e ilustrador paulistano, além de uma versão para teatro elaborada junto com integrantes do grupo Los Reguluz.

Os lançamentos estão previstos para lugares diversos, a começar por São Paulo capital, em comemoração ao aniverário de Paulo Freire, e passará por escolas de várias cidades e estados do Brasil e de outros países, como Portugal (Coimbra, Abrantes, Lisboa, Porto).

Com esse novo lançamento a Aquarela Brasileira Livros se orgulha de trazer mais uma publicação de inestimável valor para a cultura e a memória do povo brasileiro.

SOBRE O AUTOR

Paulo Rafael_Foto_Junior Santos
Paulo Rafael_Foto_Junior Santos

Paulo Rafael é historiador, educador e escritor, autor dos livros “Almas da liberdade” (Aquarela Brasileira Livros, 2017, em parceria com Romildo Ibeji e Stiãojs), “O Mundo cá tem fronteira: Uma Aventura Brasil – Cabo Verde”, entre outros trabalhos. Nasceu em São Paulo, no bairro da Mooca, em 25 de janeiro. Trabalhou como educador na Secretaria de Estado da Criança, na Rádio Heliópolis e no Instituto Caboverdeano de Menores, em Cabo Verde – África. Desenvolveu pesquisa para os documentários ‘Ermelino é Luz’ e ‘Um dia de Samba’, de Pedro Dantas.

DADOS DO LIVRO
Título: O garoto Regulus Freireando a vida
Autor: Paulo Rafael
Editora: Aquarela Brasileira Livros
Gênero: Prosa, Poesia
Formato: 13,5 x 17,5 cm
Número de páginas: 44
ISBN: 978-85-92552-15-2
Web: www.aquarelabrasileira.com.br/o-garoto-regulus-freireando-a-vida
Encomendas: faleaquarela@gmail.com

 

www.aquarelabrasileira.com.br/aquarela-brasileira-livros
www.facebook.com/aquarelabrasileira

Manifesto da Abundância

Sobre amor às artes, expertise e atenção…

E sobre…

E sobre ser escolhido e escolher fazer arte…

E sobre escolha ou condenação…

E sobre educar e aprender…

E sobre a Academia…

E sobre a Língua Portuguesa…

E sobre respeito e convivência com a diversidade…

 

E sobre… nós…

nós

 

Nisto acreditamos…

 

Prosperidade!

O universo é abundante de recursos, de bondades e recompensas.

 

Reconhecemos na linguagem da arte a pluralidade de sentidos como traço definidor.

O mundo é uma obra aberta.

Vamos expandir nossas fronteiras, vamos romper com os paradigmas.

 

O sol há de brilhar mais uma vez.

O amor será eterno novamente.

 

 

 

Aquarela Brasileira Exhibitions

A arte é essencial em nossas vidas!

Aquarela Brasileira Exhibitions concebe, produz e organiza exposições de artes plásticas e visuais.

Acreditamos em um mundo de cores e sensibilidades.

Trabalhamos com artistas, programadores e curadores de vários países, museus, galerias, embaixadas, universidades, arquivos públicos e privados.

CLiCK PARA CONHECER NOSSAS REALIZAÇÕES

Entes Presentes – série Orgulho de falar Português

Haverá Humanidade ou Luz no Fim do Túnel?

O que as janelas da UC mostram

Assim na Terra como no Céu

Pequena Casa de Lembranças

Faça contato/Contact: faleaquarela@gmail.com